>PERSPECTIVAS 2006

>

(comentário de 09/01/2006)
2006 vai ser um ano de muitas novidades. Vamos nos arriscar a fazer algumas previsões, dentro da perspectiva que o mercado brasileiro e mundial devem nos oferecer

O QUE DEVE ACONTECER
PC’s- O lançamento no final do ano do Windows VISTA, que substitui o Xp vai movimentar a indústria de PCs. É um sistema operacional bem mais avançado que o Xp, teoricamente mais seguro, mas longe de uma revolução. O compromisso com a compatibilidade com versões anteriores do Windows é um peso enorme, que não permite muitas ousadias. A novidade é a capacidade de trabalhar com processadores de 64 bits, contra os 32 atuais. Mas para desfrutar dessa possibilidade, é preciso que os novos programas sejam escritos para 64 bits, o que deve levar de 1 a 2 anos após o lançamento para que os principais aplicativos pessoais (mais tempo para os profissionais) estejam usando a potência de 64 bits. Então, o lançamento, previsto para outubro/novembro, será mais um evento para marcar o ano, do ponto de vista mercadológico, do que algo que mudará sua vida. Se você pretende investir em um PC de mesa ou laptop, e seu horizonte de uso é de até 3 anos, então provavelmente a compra de algo já lançado deve ser um melhor negócio. Especialmente com o passar do ano, quando se anunciarem os primeiros computadores com 64 bits, em escala. Os de 32 vão permanecer, e os preços, naturalmente, vão cair.

Ainda no campo dos PCs, uma novidade de impacto aparentememnte menor mas que pode mudar de vea o jeito que podemos usar computadores pessoais: A Apple lança nos próximos meses os primeiros modelos baseados em processadores Intel, com a mesma arquitetura daqueles usados em PCs que rodam Windows. Isso pode sinalizar para um dia, não muito longe, que as máquinas da Apple vão poder rodar aplicativos Windows; sonhando um pouco mais, o sucessor do tão badalado sistema operacional MAC OSX poderá rodar em qualquer máquina de 64 bits que hoje rodam Windows ou Linux. Isso não é para 2006, mas dá uma coceira danada pensar que um dia poderemos ter uma alternativa real, viável para o Windows, exatamente aquilo que todos aqueles que usam ou já usaram o Macintosh sonham: a usabilidade e o charme da Ferrari dos computadores, com processadores Intel, os mais usados. Essa eu vou ficar de olho…

LAPTOPS – os preços começam a fazer os potenciais clientes sorrir… Já existem laptops abaixo de R$ 3.000, de boa marca e com boa performance. Se você não tem, mas gostaria de ter e ficou pendurado no preço, prepare-se: 2006 vai ser o ano de seu tão sonhado laptop.

APARELHOS DE DVD
OS preços continuam a cair. Este final de semana, apareceram anúncios de tocadores de DVDs a preços inferiores a R$ 199. Produtos de marca e de qualidade superior!

Já os gravadores de DVD, que substituem com vantagens os velhos aparelhos de fita VHS, em sua versão básica, que hoje custam R$ 990, devem cair para a faixa de R$ 600; já os mais sofisticados, com HD interno e muitos recursos de programação, hoje entre R$ 1.800 e R$ 4.000, devem cair quase pela metade, lá pelo Dia dos Pais, se o dolar não pregar nenhuma peça.

COMUNIDADES DE RELACIONAMENTO – O Orkut deve perder espaço! Afinal, ele é um fenômeno quase que exclusivamente brasileiro, pois nós somos quase 80% dos usuários. A Google não deve investir muito nessa linha. O novo fenômeno chama-se myspace.com, uma nova comunidade lançada há poucos meses nos Estados Unidos que hoje já conta com mais de 40 milhões de usuários, 4 ou 5 vezes o veterano orkut. Apesar de não ter versão em português, muitos patrícios nossos estão indo para lá. E é muito fácil partilhar fotos, vídeos e muitas cositas mas… Chequem em www.myspace.com

CARREIRAS EM TI – Continuando a febre de 2005, quem quer se inserir rapidamente no mercado de TI, como programador, deve estudar, praticar e buscar certificação na linguagem JAVA. E quente que nem o caféque inspirou seu nome…

O QUE DEVE FRUSTRAR

TV DIGITAL – com todo mistério que a cerca, já anunciada pelo ministro das Comunicações para estrear em 7 de setembro desse ano, vai dar polêmica. O padrão ainda não está oficialmente anunciado (embora isso seja um segredo de Polichinelo), mas muita gente grande vai chiar e provavelmente só alguns programas seletos vão estar em formato digital. Ela deve “pegar” mesmo só lá por 2010, pelo andar da carruagem… É provável– a exemplo do que ocorreu na Copa de 1970, quando do lançamento da TV em cores no Brasil- que alguns privilegiados amigos do Rei possam assistir a Copa em locais definidos pelas autoridades, a Copa da Alemanha. Tomara que o Brasil consiga o hexa…

INTERNET BANDA LARGA – enquanto na Coréia uma assinatura mensal de banda larga – mas larga mesmo – de 10 Mb custa cerca de 30 dólares por mês e inclui serviços de voz sobre IP, aqui continuaremos a chamar “banda larga”qualquer coisa acima de 256k, e pagando algo como R$ 100/mês. E as operadoras de TV a cabo, que estão a oferecer 2 a 3 MB por R$ 100, na prática não conseguem chegar a essa velocidade. Ela fica entre 500k e 600k, se o tráfego não estiver muito alto… Pena! O mesmo vale para os serviços de acesso através de telefones celulares, que já prometem 2Mb mas a rede não aguenta mais de 400k, e o preço é mais do que indecente! É o que dá vender aparelhos de 3ª geração operando em cima de uma rede de 2ª geração (2ª geração e meia, vá lá…)

SOFTWARE LIVRE – a evangelização obsessiva feita por alguns setores, com forte apelo do governo, não deu nem dará o resultado esperado em 2006. A verdade é que não se aproveitou adequadamente o conceito do software de código aberto, que pode ser usado sem custo mas que tem preço para utilizar. Continua-se pregando uma guerra sem quartel à Microsoft e a outras gigantes do software, e não se conseguiu até hoje fazer nenhuma substituição de peso de software proprietário por software livre. Ao menso não em aplicações mais badaladas, como as de ERP ou mesmo o Imposto de Renda, só para dar 2 exemplos. O bonde está passando e a atitude dos evangelistas não muda. Mais uma vez perdemos uma importante janela de oportunidades.

iPOD e tocadores MP3 – A Apple, que hoje domina o setor, com seu icônico iPod, pode perder o trem da história –mais uma vez- se insistir em vender músicas sempre a preço fixo e usando seu portal iTunes. A soberba da Apple é inconcebível, e repetir erros passados será mais uma prova de turrice. Mas parece que o sucesso subiu mais uma vez à cabeça de Steve Jobs. Com isso, os concorrentes vão ocupar espaço, tal e qual aconteceu no passado com os computadores pessoais, e nós, usuários, ficamos no meio de um fogo cruzado, esperando a definição de um verdadeiro padrão da indústria, não só da Apple.

Uma resposta

  1. >exelentes matériascontinueobrigadoluiz reis arquiteto

Deixe uma resposta para luiz reis Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: