Arquivos de Tag: aviônica

Embraer = Tecnologia de Ponta

img_kc390_aircraft_overview Não dá para passar em branco: Falar de tecnologia de ponta, brasileira, a referência é a Embraer! E ontem, na sua planta de Gavião Peixoto, SP, a empresa fez a apresentação (roll-out) de seu mais novo avião, o KC-390, voltado para transporte militar de carga e de tropas que pode ser configurado também como avião-tanque, para reabastecer aeronaves menores em pleno voo.

Eu tive o privilégio de conhecer e estudar junto com os fundadores da Embraer, Ozires Silva à frente. No início da década de 1960, fabricar aviões parecia sonho de lunático, viagem na maionese.

Mas o sonho virou realidade, graças também a um outro sonhador, o brigadeiro Casimiro Montenegro, que ainda na década de 1940, após o término da Segunda Guerra Mundial, concebeu o ITA – Instituto Tecnológico de Aeronáutica e o Centro Tecnológico de Aeronáutica, o CTA, depois rebatizado de Centro Tecnológico Aeroespacial, .

Voltemos à Embraer e à tecnologia: Como empresa líder do mercado de aviação regional no mundo, a Embraer é, na verdade, uma fábrica de projetos inovadoraes, com tecnologia no estado da arte. Da cabeça de seus engenheiros e pesquisadores e dos computadores de todo tipo saem projetos de aeronaves as mais diversas. Mais do que isso, processos inovadores usando novos materiais são rotina da empresa, visando estar sempre competitiva.

kc390cockpitUm avião moderno é uma máquina totalmente projetada através de sofisticados computadores. A aviônica, ou eletrônica embarcada num avião é essencial para a segurança de voo. O KC-390 tem um cockpit que mais parece um ambiente futurista de videogame.

A Embraer é prova viva de como inovar e criar referências mundiais em tecnologia avançada. Mas não é um projeto de 4 anos, ou mesmo de uma década. É coisa de longo prazo, cuja rais está na educação de qualidade.

Você voaria num avião com iPads na cabine de comando?

ImagemOs tablets chegam às cabines de comando dos jatos comerciais da American Airlines. Com a liberação da FAA, os pilotos podem usá-los para acessar manuais dos aviões, mapas de rotas e também situação dos aeroportos, movimento nas pistas e seus entornos. Por enquanto.

Mas você se sentiria seguro a bordo de um avião sabendo que os tripulantes da cabine poderiam estar se divertindo com iPads? E se essas engenhocas travam, ou são contaminados por vírus, pode haver acidente?

Num primeiro momento, os tablets servem, essencialmente, para facilitar a vida dos tripulantes que ganham mais rapidez e flexibilidade de consulta secundária, visto que as informações essenciais à segurança de voo e a ações da tripulação seguem sendo fornecidas pelos dispositivos de aviônica a bordo.

Há o alívio de cerca de 20 quilos de manuais por tripulante, o que gera uma economia de combustível estimada em 1,2 milhões de dólares por ano para a frota da American.

Frescura dos americanos? Longe disso! A flexibilidade e a variedade de aplicativos que podem ser incorporadas a um tablet tornam o voo mais seguro para todos e menos estressante para os pilotos.

Agora, se você imaginou a cabine de um 767 naquela sua viagem para Miami onde os tripulantes estão entretidos com joguinhos ou com os amigos deles no Facebook, enquanto o avião  obedece ao piloto automático, isso pode, no máximo, servir como roteiro para uma comédia light de uma produtora independente de Hollywood.

O mais provável é que, nas futuras versões dos painéis das sofisticadas cabines dos aviões de passageiros, os tablets estejam definitivamente incorporados, com novas funcionalidades ou com atualizações das já existentes.

E se você, ilustre passageiro, tem um tablet e curte coisas de aviação, relaxe, baixe o Flight Simulator e divirta-se!

%d blogueiros gostam disto: