Você quer ser técnico da Seleção Brasileira?

Nesta terça, 20, tive o prazer de abrir e participar do CEO Forum da Amcham – Câmara Americana de Comércio de Curitiba. Foi bastante cool ouvir os CEOs de duas empresas centenárias, a IBM e a 3M, falando de inovação e perspectivas futuras.

E sobre minhas impressões, comento em outra postagem.

Hoje vou propor aos meus amigos -ouvintes e leitores- um desafio: virar técnico ou técnica da seleção brasileira de futebol. Ou, no mínimo, palpitar em tempo real em canal direto com Felipão, sobre quem depositamos as esperanças do hexa.

A IBM Brasil criou um canal de comunicação social com a comissão técnica da seleção, o Ei Treinadores!, disponível a qualquer um que tenha uma conta no Twitter.

Partindo do princípio que os brasileiros são os mais dedicados usuários das redes sociais, a IBM usou seu Centro de Pesquisas no Brasil com o um hub mundial para desenvolver essa solução, que se baseia -em tempo real- nas opiniões dos tuiteiros sobre determinados temas. Os jogos do Brasil, por exemplo.

O que diz a Dra. Maíra Gatti, pesquisadora de Ciências da Computação no Laboratório IBM:

“O brasileiro é um dos povos mais atuantes nas redes sociais. Em 2012, o Brasil era o país com maior participação no Twitter segundo Pesquisa “State of Mobile Web” realizada pelo Browser Opera com dados de 190 países. No número geral de usuários de internet, 23% dos que usavam a ferramenta eram brasileiros.”

Essa solução já foi testada em 2013, durante a Copa das Confederações, e, tudo indica que algum dos auxiliares do Felipão ficava recebendo os dados consolidados e passando algo ao chefe. Agora em junho, a cena vai se repetir.

Só que com mais gente participando. Quer dar sua opinião sobre a partida como se estivesse com os jogadores? Usando a Análise de Sentimento Social da IBM, você se transforma em um treinador auxiliar.

Se você tem uma conta no Twitter, siga  e divirta-se, durante os jogos. Quer ter uma idéia bem humorada? Veja ovídeo ou procure por Ei Treinador no YouTube.

E o futebol moderno vai cada vez mais sendo apoiado por dados. Muitos estatísticos povoam as comissões técnicas dos principais clubes do Brasil e do mundo. Aposenta-se a velha prancheta dos professores e agora as mudanças táticas ocorrem com base no que está ocorrendo e o que pode e deve ser corrigido.

Talvez o futebol acabe perdendo a  arte, a graça… Mas, por via das dúvidas, estarei lá, tuitando nos jogos do Brasil, tentando, junto com os demais 193.999.998 técnicos, ajudar Luiz Felipe Scolari a deixar a taça aqui no Brasil por uns tempos.

Vamos nessa?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: