Analógico e Digital, juntos para nosso deleite

Tem gente que diz que o analógico é o antigo, o digital, o novo. E aí, ou você é analógico, ou é digital. No máximo, você pode estar ora analógico, ora digital. Pois eu acabo de sair de uma experiência fantástica de uma mistura que mostra como usar a tecnologia para apresentar música clássica. 

A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo -OSESP- completa 60 anos em 2014 e já começou a celebrar, com uma programação bastante versátil e contando com regentes e solistas locais e internacionais. E sempre tem alguém a explicar, de forma didática, a obra que está sendo apresentada, cada movimento, o compositor, o solista… Tratando de relembrar os iniciados e encantar os iniciantes na música clássica.

Esse concerto de ontem, com a regência da incrível e premiada nova-iorquina Marin Alsop e com os solos ao piano do nosso internacional patrício Nelson Freire foi simplesmente encantador! No programa, Chopin e Mahler.

Uma orquestra sinfônica é a essência da disciplina, do empenho, da colaboração e da necessidade de superação, a cada apresentação.

Uma orquestra sinfônica é também a essência do analógico, unplugged. Pois a OSESP tem esse programa Concerto Digital, que ou você assiste ao vivo, ou pela internet. Lá na Sala São Paulo, ou em qualquer lugar do mundo. E dá para assistir na telona da sua TV, em alta definição, com um som de primeiríssima qualidade. Basta uma TV ou um home theater com acesso à internet ou então conectar seu laptop ou tablet à tela grande com um cabo HDMI, ou, mais fácil ainda, através de uma Apple TV.

A qualidade da transmissão impressiona. Talvez valesse a pena aumentar o número de câmeras que capturam as imagens para tornar o todo mais dinâmico. E, para dar certo, é essencial uma boa conexão de banda larga, no mínimo 5 Mb reais, para evitar soluços do streaming.

Ora“, dirão alguns, “vídeo HD pela internet tem no YouTube e em milhares de outros portais; ao vivo, idem

Eu até concordo… Mas que esse Concerto Digital foi de primeiríssimo nível, foi. E usou muito bem a tecnologia para disseminar boa música. Merece aplausos. Até num comentário sobre tecnologia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: