O Velhinho de 5 Anos Que Mudou o Mundo

Imagem Há exatos 5 anos, a Apple definitivamente mudou o mundo como o conhecíamos, com o lançamento do iPhone. Como diz o Mashable Tech, ele ainda é sexy depois de todos esses anos

E aqui estão os dois lados de quem pretende analisar o passado e prever o futuro, nesse mundo alucinante da tecnologia: o lado bom é que você presencia muitos ciclos relevantes de transformação (você já listou quantos você já conheceu?); o lado ruim é que não dá para prever e garantir a credibilidade que os oráculos de outras áreas tinham, pois quando foram demonstrados seus erros de previsão, eles estavam, via de regra, devidamente mortos por decurso de prazo.

Mas é interessante ler as primeiras avaliações do iPhone para ver como mesmo os mais profundos conhecedores do mundo digital estavam ou pessimistas demais ou conservadores demais. Ninguém imaginou, por exemplo:

  • O conceito predominante de smartphone nascia ali, embora muitos celulares já transcendessem o simples falar + mandar torpedos;
  • A tela sensível ao toque já existia em muitos produtos que não colaram, salvo o recente iPod Touch, da própria Apple, que inovou na parte de gestão e compra de conteúdo musical;
  • A própria Apple teve um componente de defesa de território ao lançar o que foi exaustivamente chamado de um Ipod Touch que fala e tira fotos;
  • A Apple vendia ainda a imagem de Steve Jobs, mas se alguém fizesse uma boa pesquisa de mercado, a associação da marca ainda seria dominada pelos Mac, nas suas versões laptop e desktop.

E como estamos hoje, 5 anos depois?

  • 250 milhões de iPhones vendidos
  • Comparando o 2º trimestre de 2007 que antecedeu ao lançamento do iPhone com o 2º trimestre de 2012, as vendas da Apple subiram de US$ 6 bi para US$ 39 bi
  • O iPhone responde por 58% disso
  • Descontados desse total as vendas de iPhone, iPad e vendas pelsa iTunes e App Stores, o crescimento no faturamento foi mais do que chinfrim, comparando com o resto da indústria
  • Em faturamento no 2º trimestre de 2012, só com o iPhone, a Apple faturou 30% mais do que a Microsoft, mais do dobro do que a Coca-Cola e 2,4 vezes mais do que a Disney
  • Se olharmos todos os smartphones que usam os mesmo conceitos do iPhone, vemos que a Apple sozinha tem por volta de 1/3 do mercado, ou seja, estamos num mundo que tem vendas de algo como US$ 500 bilhões/ano e que nem existia em 2007
  • Enquanto isso, Nokia e RIM (BlackBerry) lutam pelo amanhã sem grandes perspectivas de vida autônoma.

E três anos depois veio o iPad, mais um estrondoso sucesso que muitos diziam que seria um fracasso, pois quem iria querer um iPhonão gigante que nem fala? Hoje o iPad, em vendas, é o dobro da Apple em 2007 e igual à Coca-Cola de 2012. Mas isso é tema para uma próxima postagem.

OK, você pode até não gostar nem da Apple nem do iPhone. Mas avalie o que mudou na vida de muitos de nós. E pense o que as novidades que estão pintando ainda podem transformar nosso mundinho. Veja o Google Glass, aqui apontado em uma postagem anterior. Veja seu literal lançamento de paraquedas, bike e corrida, esta semana em San Francisco. Não faça nada, só veja o vídeo e reflita.

Pode ser nada, pode ser tudo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: