Uma reflexão de Natal

Neste Natal de 2010, um pensamento especial para a todos os que precisam de alento, afeto, atenção e amor. Que as pessoas do outro grupo -no qual me incluo-, através de suas ações devidamente contaminadas pelo genuino Espítito de Natal possam ajudar a tornar a vida de todos um pouco melhor, mais alegre, com muito mais amor.

E agora e para 2011, compartilho o olhar de meus netos 2.0, nascidos em um ambiente de interatividade total e das telas touch-screen… Eu recomendo que, para fazermos de 2011 um ano melhor, é mais importante procurar entendê-los, e não só fazê-los entender o nosso complicado mundinho.

Talvez esse tenha sido o erro maior das gerações anteriores, de buscar fazer os novos fazerem como nós fazíamos, pensar como nós pensávamos. Esses aí e todos os nascidos nessa era da web 2.0 estarão naturalmente conectados de uma forma que mesmo os mais antenados de hoje serão seres off-line, menos em tempo de conexão e mais em atitudes.

Não será nada fácil fazê-los mudar segundo aquilo que achamos correto, se eles terão acesso a todo o conhecimento humano desde o tempo das fraldas e a eles será dada uma capacidade de discernir e decidir baseado em múltiplas variáveis, algumas delas fora de nosso alcance para controlar e buscar influir.

Isso é bom? Isso é ruim? Sei lá, mas afirmo que é o futuro. E começarmos a aprender em 2011 pode ser uma decisão sábia!

Aqui estão Diego (3), Beatriz (5) e Guy Neto (2). Eles devem ter idéias que eu, seguramente, não poderia sequer imaginar. Vou procurar acompanhar.

E que 2011 seja um ano campeão!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: