Compras de Última Hora para o Natal

O Natal de 2007 promete ser bem gordo para quem vende produtos de tecnologia digital. Só não será melhor porque alguns ítens estarão em falta, especialmente modelos intermediários de computadores, games e alguns modelos de televisores LCD. Mas ainda dá tempo de fazer boas compras. Isto é… se você quiser encarar o bolo de gente nos shoppings ou ousar arriscar a entrega de um produto comprado pela internet antes que o trenó de Papai Noel esteja sobrevoando sua casa…

Mas, se sua lista não está completa, e se o tempo for curto, e a grana idem, você pode ter pechinchas extraordinárias logo após o Natal. Espere liqüidações interessantes de produtos eletrônicos.

Se sua pedida passa por computadores, e se a demanda é por mobilidade, então os notebooks finalmente cairam bastante de preço para justificar o prêmio pago em relação a um desktop de configuração equivalente. Na faixa de R$ 2.000 a R$ 3.000 você vai encontrar máquinas bastante bem configuradas, com acesso wireless embutido, um HD maior que 80Gb e 1 Gb de memória. Mas atenção: evite comprar micros com o Windows Vista Starter Edition ou o Vista Home Basic. São verdadeiros engodos, não entregam nem as novas funcionalidades do Vista nem a estabilidade do bom e velho Xp. Aliás, existem notebooks ainda com o Windows Xp, que pode ser uma excelente opção para quem quer robustez do software e um leque amplo de aplicativos. Ele vai bem por pelo menos mais 3 anos, sem sustos…

Mas se você pode se dar ao luxo de desembolsar mais dinheiro, a partir de R$ 5.000 você pode comprar notebooks com 2Gb de memória, um Windows Vista Home Premium ou Business, um HD bem parrudo, acima de 100Gb, gravador de DVD, webcam embutida e outros quetais. No topo da cadeia alimentar -e de preços- você encontra os lindões Sony Vaio, com um design de estúdio italiano, processador Intel Core2 Duo, e, à medida em que o peso cai, o preço vai às alturas. Mas o pequenino Vaio de 1,1kg e tela de 11″ pod chegar a custar R$ 11 mil. Tem gente que paga!

Nessa mesma faixa, os Powerbooks da Apple dominam a faixa dos usuários mais exigentes. Com a vantagem de poderem rodar o estável OSX, bem à frente do Windows Vista, além do próprio Vista, ele tem uma confraria de ‘connoisseurs’ que dele não abrem mão. No Natal -e nos dias que se seguem- podemos esperar que os preços dos Macintoshes portáteis finalmente sejam comparáveis com máquinas equivalentes com Windows.

Uma boa opção de compra, a partir de R$ 500, são os HDs externos de 150Gb até 300Gb, que servem para fazer backup de seus dados mais preciosos, ainda mais se você tem mais de um computador e intercambia dados através de uma rede em sua casa, por exemplo. Eles são extremamente confiáveis, e seus preços estão num ponto ótimo.

Monitores LCD estão com bons preços, e não dá para pensar em nada menor do que 17″. Os que estão com melhores preços são os de 19″ widescreen, já no formato 16×9, da TV Digital. Prefira os modelos com contraste acima de 5.000:1 e tempo de resposta menor que 5 ms. A diferença de conforto de um monitor grande para os pequenos, de 15″ é enorme, e você ganha na qualidade da imagem, no espaço ocupado e na conta de energia, bem menor do que a dos monitores de tubo. Os monitores de 21″ e acima já encostam no patamar de R$ 1.000, e vão continuar caindo.

Televisores LCD estão com perços próximos aos de plasma, e são sempre melhor compra. Mas os que oferecem compatibilidade plena com a TV de alta definição (1.080p) estão cerca de R$ 1.000 mais caros que os que oferecem apenas 780p, uma nitidez um pouco menor. Mas a TV de alta definição vai demorar para chegar a Curitiba, ao menos com intensidade e qualidade de conteúdo. Embora anunciada para o segundo semestre de 2008, não esperem nada substancial antes do final de 2009. E os preços devem cair muito, inclusive dos conversores para a TV digital, sejam eles externos ou embutidos nos teevisores. É uma compra que só deve ser feita se a substituição de seu modelo atual for imprescindível.

Uma compra interessante são os gravadores de DVD, que já baixaram do patamar de R$ 400, sem HD interno, e os com HD já estão na faixa de R$ 1.000. Uma boa pedida para quem quer migrar suas imagens de vídeo VHS para DVD, ou mesmo gravar seus programas favoritos da TV.

Câmeras fotográficas estão bem mais em conta que no ano passado, e hoje o patamar mínimo de resolução é de 8 megapixels. Mas prefira câmeras que tenham lente de qualidade, como Nikor, Zeiss , Pentax ou Leica. Se você optar por uma superzoom, que tem zoom óptico maior que 8x, exija que ela venha com dispositivo de estabilização de imagem, para quando você estiver usando a lente como teleobjetiva. A partir de R$ 500, já existem boas opções. Mas aqui vão duas dicas: é bom ter bateria e cartão de memória de reserva, pois essas máquinas consomem energia e memória, ainda mais no modo de alta resolução.

E, no pós-Natal, espere por preços convidativos para Home-Theaters, desktops e filmadoras, além de telefones celulares. Que, aliás, já fazem de tudo, inclusive são bons tocadores de mp3 e alguns modelos têm câmeras digitais com resolução até de 5Mp e zoom óptico, o que pode ser uma boa aternativa às cãmeras digitais e aos players de música, até porque são subsidiados pelas operadoras de telefonia. Mas aí aparecem os celulares 3G, com acesso à internet de banda larga e aí… bem, aí já é outra história, boa para 2008.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: