Guerra dos Browsers: E o Oscar vai para… FIREFOX

Faz muito tempo (para TI, ao menos) que a Microsoft acabou com a festa do Netscape, que reinava soberano no mundo recente dos browsers. Uma década, não mais. Agora a poderosa Microsoft está provando um pouco de seu próprio veneno…

Quando apareceu o Mozilla, parecia mais uma iniciativa louvável mas quixotesca da comunidade do software livre. Mas aí a coisa ficou organizada, ganhou substância e, no momento atual, a comparação é inequívoca: O Firefox 2.0 é muito melhor, mais estável, mais seguro, mais fácil de usar, mais personalizável do que o Internet Explorer 7 da Microsoft.

Parece que o sonho da comunidade em rede, que é a essência da internet, está materializada no Firefox.

Hoje em dia, não há razão prática para não mudar, salvo talvez diretrizes corporativas que passem pelo uso exclusivo do IE 7. Mas mesmo nesses casos talvez seja melhor rever essas diretrizes.

Alguns podem argumentar que a base instalada do IE 7 é bem maior do que a do Firefox -o que é verdade- e que alguns sites não funcionam bem no Firefox -também uma verdade. Mas o fato é que hoje em dia o Firefox ganha espaço no mundo dos browsers e mais e mais usuários o adotam.

Os sites que não funcionam adequadamente com o Firefox provavelmente estão defasados e não devem ser muito úteis.

Se você não usou ainda, experimente. Se puder, use só o Firefox. Mas, se houver “aquele” site que ainda requer o IE, não tem problema: é só não tirá-lo do seu computador. Você pode ter mais de um browser, sem problemas.

Quando o IE 7 foi lançado, ele parecia estar no mesmo nível do Firefox, mas, na verdade, este vem andando cada vez mais rápido.

Um encanto são os utilitários que você pode adicionar ao Firefox, de tal modo a fazer do browser algo com a sua cara, o seu jeito, o verdadeiro “Meu Computador”. Existem milhares de “Add-On“s que você pode incorporar ao seu browser.

Só lembrando: o IE vem incorporado ao Windows XP, e o Firefox é grátis. Já no Windows Vista, as versões para a Comunidade Européia e alguns países asiáticos exigem que a instalação do IE não seja feita automaticamente. Isso deve fazer crescer a participação do Firefox, hoje instalado em 1 de cada 3 computadores com acesso à internet.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: